Agenda Cultural

Exposição "É boi, é boizinho: as chegas de bois no Barroso"

Vai estar patente, no Ecomuseu de Barroso - Casa do Capitão, Salto, a exposição de fotografia "É boi, é boizinho: as chegas de bois no Barroso", de 28 de Julho a 30 de Setembro de 2017.
A pesquisa e organização deste conjunto de fotografias é de Cristiano Pereira, com curadoria de Adriana Henriques.
A abertura da exposição está inserida na Semana do Barrosão que decorre entre 20 e 30 de Julho, na vila de Salto.

Alberto Carneiro, Um campo depois da colheita para deleite estético do nosso corpo

O Conselho de Administração da Fundação Caixa Geral de Depósitos – Culturgest convida para a inauguração da exposição de Alberto Carneiro, Um campo depois da colheita para deleite estético do nosso corpo, na Culturgest Porto, sábado, 22 de julho, às 17h.

Exposição de 23 de julho a 1 de outubro de 2017
Curadoria: Delfim Sardo

Semana do Barrosão - IV edição

De 28 a 30 do mês de julho, na vila de Salto, concelho de Montalegre, decorre a quarta edição da "Semana do Barrosão".
Três dias com agenda cheia: palestras, exposições, venda e degustação de produtos da região, mostra de excelentes exemplares da raça barrosã, garranos e porco bísaro.
Sob outra vertente: espetáculos musicais, passeios BTT, concurso pecuário e chegas de bois.

Mexe-te nas Férias 2017

A Câmara Municipal de Montalegre promove, de 3 a 28 de julho, um conjunto de atividades (consultar ficheiro anexo) realizadas pelo Pavilhão Desportivo, a Biblioteca Municipal e o Ecomuseu de Barroso. Os interessados - entre 6 e 15 anos - devem proceder à respetiva inscrição nestes mesmos locais. As atividades têm um custo de 10€.
Caso seja necessário, o programa pode sofrer alterações.

Exposição de Pintura "um mar de pedras"

O Ecomuseu de Barroso vai ter patente uma exposição de pintura - intitulada "um mar de pedras" - de Agostinho da Silva, nascido em Nogueira, aldeia rural e vinícola do Alto Douro, no Concelho de Vila Real.
A par da formação Académica, desde muito cedo que Agostinho demonstra uma vocação especial pela Arte. Autodidata de formação, inicia-se no desenho e, com apenas 13 anos, o seu talento foi reconhecido pela Fundação Calouste Gulbenkian.
Aos 17 anos realiza alguns trabalhos em aguarela e inicia o caminho na Pintura a Óleo.