Cabril

 Cabril

Cabril é um mosaico de pequeninas povoações ao longo das encostas abrigadas que descem sobre os rios. 

Sertelo (trata-se do diminutivo de deserto – Deserto+elo > Desertelo, como ermo deu Ermelo, (após a aférese do de inicial resulta Sertelo) que fica acima dos 700 metros, Lapela e Pincães, acima dos 600 metros, São Lourenço, Chelo, Fafião e Azevedo, acima dos 500 metros, Bustochão e Vila Boa, acima dos 400 metros, e todas as restantes, Cabril (que já se chamou a Vila ou a Baixa), Cavalos, Chãos, Fontaínho, São Ane e Chã do Moinho não sobem para lá dos 300 metros de altitude. Não admira por isso que, nestas funduras quentes e húmidas, Barroso se orgulhe de colher boa fruta, vinho e azeite na freguesia de Cabril.

Pincães foi a primeira aldeia do concelho que teve honra de monografia publicada, da autoria de Jacinto de Magalhães.

É a segunda mais extensa freguesia do concelho (76,6 km2) e, provavelmente, a mais bucólica, a mais rica no plano das espécies arbóreas e avícolas e também a mais admirável no aspecto multifacetado das suas paisagens edénicas, sem dúvida, devido às condições orográficas e climatéricas que a cordilheira do Gerês apresenta.

 

Área: 76.6 km2
Densidade Populacional: 7.8 hab/km2
População Presente: 595
Orago: S. Lourenço

Pontos turísticos:

  • Lagar de Azeite e Parque de Campismo do Outeiro Alto (Cabril);
  • Fojo do Lobo e o rio Toco (Fafião);
  • Senhora das Neves (S. Lourenço).

Lugares da Freguesia: (15) Azevedo, Bostochão, Cabril (Vila), Cavalos, Chãos, Fafião, Fontaínho, Lapela, Pincães, São Ane, São Lourenço, Vila Boa, Chelo, Sertelo e Chã de Moinho.

Morada:
Rua 25 de Abril Nº17,
5470-013 Cabril - Montalegre
Telefone: 253 659 970
Email: geral@jf-cabril.pt
Website: http://www.jf-cabril.pt/