Morgade

Morgade

Morgade andou muitos anos anexada, bem como Negrões, à freguesia da Chã: as três constituíam uma Comenda do Convento de Santa Clara de Vila do Conde.
O fortalecimento das regras primitivas e da reforma contra a lassidão em que haviam caído os frades, levados a peito, ao longo do século XVI, originou um grande movimento de apoio das populações, no plano espiritual e no plano material, que as levaram a construir mosteiros e capelas.

Vem daí a devoção dos morgadenses a São Domingos de Gusmão, revelada na edificação da sua capela e dos vilapontenses que lhe dão lugar de honra no altar-mor da sua Igreja. Era o comungar desta gente barrosã com os princípios da pobreza voluntária dos monges pregadores, também chamados mendicantes, os frades dominicanos (e os franciscanos) cuja glória mais significativa foi São Tomás de Aquino.
E já que falamos de Santos não ficava nada mal – era até um acto de justiça – que os de Carvalhais devolvessem à sua Capela o orago primeiro que foi São Tiago, conforme muito bem expressa a nossa variante barrosã da belíssima lenda dos Sete Varões Apostólicos.
 

Área: 21.2 km2
Densidade Populacional: 10.8 hab/km2
População Presente: 230
Orago: São Pedro
 
Pontos turísticos: Capela de São Domingos(Morgade) e Casas (Carvalhais).
 
Lugares da Freguesia: (4) Carvalhais, Criande, Morgade e Rebordelo.
 
Morada:
Junta de Freguesia de Morgade
Morgade, CP 35
5470-302 Morgade - Montalegre
Telefone:  276 418 136
Email: jll.nogueira@hotmail.com